menu

Image Map

quarta-feira, 11 de março de 2015

SOCORRO MEU FILHO NÃO PARA DE TOSSIR!

Mudança de tempo, gripes, resfriados e alergias, todos esses fatores contribuem para  chegada da tosse. E como incomoda!

Caleb está resfriado esses dias, tudo começou com espirros, e coriza e agora uma tosse brava e bem chata. Ele nem está conseguindo dormir a noite direito, de tanto que tosse.

Como ele ainda é pequeno, fico sem saber o que posso dar, acabo dando xarope a base de mel. Nesta idade ele já pode consumir o mel.
















A tosse é um importante reflexo que ajuda a remover a secreção dos pulmões e brônquios. Também é um mecanismo de defesa contra a aspiração de um corpo estranho para a traquéia ou pulmões.
É normal que uma criança tussa ocasionalmente, durante o dia, sem que isso represente uma doença ou problema. No entanto, a tosse também pode ser um sintoma de que algo não vai bem. Quando a tosse é persistente, incomoda muito à criança e a todos da casa, sendo motivo de preocupação.

A tosse em si não deveria ser tratada e sim a causa que a está produzindo. De uma maneira muito simplificada, as principais causas de tosse são:
  • infecções, incluindo o resfriado comum (resfriado comum).
  • alergias, incluindo a asma.
  • corpo estranho, que é uma tosse que se inicia após a criança engasgar.
  • hábito ou “tique nervoso”, que é uma tosse que habitualmente não acontece à noite, quando a criança está dormindo.
Apesar da tosse incomodar muito a todos e ser motivo de preocupação, não se deve usar xaropes ou remédios sem orientação médica. É importante se tentar chegar a um diagnóstico para poder dar o remédio que combata a causa e não o sintoma. Infelizmente, os remédios sintomáticos são de baixa eficácia e não deveriam ser usados em crianças menores de 2 anos porque seus efeitos colaterais superam o benefício que é muito pequeno. No Brasil não temos um controle rígido desta medicação, mas nos EUA, onde são bem mais rigorosos, não administram sintomáticos para crianças menores de 2 anos.



Quando que seria obrigatório levar seu filho ou filha com tosse, ao pediatra?
  • se seu filho ou filha tem menos de 3 meses e está com uma tosse persistente;
  • se está respirando mais rápido ou cansado, independentemente da idade
  • se engasgou e, depois, começou a tossir
  • se está com febre e seu aspecto é de que não está bem
  • se tosse tanto que vomita
  • se tosse há mais de duas semanas
  • se você está em duvida ou insegura(o)
Se a medicação sintomática não é eficaz, o que se pode fazer?
  • oferecer mais líquidos do que o habitual
  • usar soro fisiológico no nariz
  • usar um umidificador de ambiente, sem colocar nada, apenas a água e tomando os devidos cuidados para evitar algum tipo de acidente
  • oferecer comida pastosa morna, como purê de batata ou de maçã
  • oferecer uma colher de mel (não precisa ser própolis ou algum mel especial). Mas, atenção, o mel só pode ser dado a crianças maiores de 12 meses pelo risco de botulismo.
  • ter muita paciência porque a tosse costuma ser um sintoma que leva mais tempo para desaparecer, no caso de resfriados.

Fonte/Texto: Dr. Roberto Cooper http://robertocooper.com/







Um comentário:

  1. meu filho tem 3 anos, muito alérgico e de umas semanas pra cá tem tossido tanto que chega a vomitar, não sei mais o que faço,já levei a vários médicos, tomou quase todo tipo de antialérgico,mas o problema da tosse continua! o negócio é ter muita paciência e fé em Deus na cura.

    ResponderExcluir