menu

Image Map

quarta-feira, 21 de maio de 2014

ETIQUETA NA GRAVIDEZ: COISAS QUE NÃO SE DIZ A UMA GRÁVIDA!

Infelizmente temos que lidar com pessoas inconvenientes diariamente. E quando estamos grávidas isso não é diferente.

A gestante ao mesmo tempo que está nas nuvens, super feliz e ansiosa pela chegada do filho, também tem seus medos e inseguranças. É uma situação nova na vida dela, sem contar nos hormônios que estão á todo vapor! Ficamos muito sensíveis, emotivas, choramos por qualquer coisa, até em comercial de margarina.





Eu confesso que quando estava grávida do Caleb, tive que aguentar firme perguntas desnecessárias que as pessoas me faziam, minha vontade era de gritar e sair xingando.

Quando você é solteira, todo mundo fica te pressionando para saber em quando você vai arrumar um namorado, depois que você arruma o "tal" namorado, começam a dizer quando ficarão noivos e irão se casar. Depois que você se casa, começam a te pressionar para saber em quando terão o primeiro filho. Acho isso muito chato! O Caleb mal nasceu, nem fez 2 anos ainda e as pessoas já ficam me perguntando quando eu terei outro bebê. 

Eu entendo que seja natural a curiosidade das pessoas mas, vamos ter um pouquinho de bom senso. 

Uma das situações desagradáveis, que passei por várias vezes durante a gestação, era sobre a minha barriga. Minha barriguinha demorou muito para aparecer (confesso que achei ótimo) Rsrsrs! 

Eu fui uma gestante esbelta e minha barriga só foi aparecer pra valer quando eu já estava no 7º mês de gestação. Ela era bem redondinha e pequenina, dependendo da roupa que eu usava, nem dava para aparecer que eu estava grávida. 

Algumas pessoas diziam que era mentira que eu estava grávida, outras perguntavam, mas cadê a sua barriga? Não deve ter bebê nenhum ai. Fora outros inconvenientes, sempre que eu ia em algum lugar público que tivesse que enfrentar uma fila, eu tinha que andar com o meu cartão de pré-natal na bolsa, para provar que realmente estava grávida. Já fui xingada na fila do banco, inclusive pela própria funcionária que foi ríspida dizendo que eu estava na fila errada, quando contei que estava grávida, ela ficou bem sem graça, e ainda falou, ah mais nem parece que você está grávida, a maioria é barriguda, então eu respondi como toda educação que, nem todo mundo é igual. Existem grávidas mais cheinhas e outras mais magras.


Por mais que as vezes as pessoas tenha a intenção de ajudar, acabam sendo deselegantes em seus conselhos. Por isso resolvi criar este post, para ajudar as pessoas a terem um bom senso do que não se deve falar para uma gestante.





O QUE VOCÊ NÃO DEVE DIZER PARA UMA GRÁVIDA!



  • Quantos quilos você já engordou?
Parece uma pergunta inocente né? Mas pode causar desconforto para a mamãe que engordou bem acima do esperado e para a grávida que engordou pouco. Meu obstetra na época disse que o ideal para uma mamãe que não está acima do peso, é engordar entre nove e 12 quilos. Mas isso tudo depende da massa corporal e altura de cada mulher.



  • Nossa! Você vai comer só isso? tem que comer para dois, e se cuidar direitinho.
Isso é um mito, quem tem mania de falar assim são pessoas mais antigas, que acham que a grávida pode e deve comer muito, que se comer pouco o bebê não será saudável e nascerá desnutrido. Mulheres grávidas não podem cair na tentação de sair comendo por dois. Durante a gravidez o corpo torna-se mais eficiente na absorção de nutrientes, por isso ao dobrar a quantidade de comida você não está aumentando as chances de ter um bebê saudável, e sim de ganhar peso excessivo e muitas vezes complicar sua gravidez. Lembre- se qualidade é muito mais importante do que a quantidade!


  • Vai ser parto normal? Será que você vai aguentar?
Isso é um assunto muito delicado, cada gestante escolhe o parto que achar melhor. Se ela escolheu ter um parto normal, é porque pensou e pesquisou a respeito e fez a sua melhor escolha. Esse tipo de comentário só aumenta a ansiedade. Eu mesma estava bem tranquila durante toda a minha gestação, porém quando estava próximo do grande dia chegar, eu fiquei bastante preocupada, ansiosa e temerosa sem saber o que esperar de um parto normal, se iria doer muito, se eu teria passagem. Meu maior medo era a minha médica falar que eu teria que fazer uma cesárea. Eu sempre quis o parto normal e foi uma escolha minha. Pessoas ainda duvidavam que eu iria conseguir fazer um parto normal por ser nova. Eu me informei muito sobre o assunto e estava certa do que queria.

  • Nossa! Seus seios são pequenos, acho que você não vai ter leite!
Gente do céu, tem coisa mais desagradável que isso! Você sonhando em amamentar sem filho, vem um sem noção e diz que você não vai ter leite por causa do tamanho dos seios. Alôoooo né! Nada a ver isso, conheço pessoas que tinham os seios fartos e não tiveram leite algum para dar ao seu filho. Os meus nunca foram fartos mas, graças a Deus eu tive leite de sobra para dar ao Caleb!

  • É menino, ou menina? Ser mãe de menina é bem mais legal!
Nossa como eu escutei isso quando estava grávida. Confesso que muitas  vezes eu fiquei extremamente irritada. Quando descobri que estava grávida, eu não me importava com o sexo do bebê, vindo com saúde era o mais importante. Porém no decorrer dos meses, a maioria das pessoas olhavam para mim e diziam, nossa com certeza será uma menina, você tem cara de mãe de menina, trabalha com moda, só pode ser! Ou então, sua barriga é tão redondinha e pequena, é uma menina! Infelizmente por mais que as pessoas dissessem com uma boa intenção, isso foi me alimentando, quando eu percebi entrava nas lojas e só olhava roupas e móveis de menina. Quando eu fiz o ultrassom e descobrimos que seria um menino, me senti péssima, por ter pensando somente em coisas de menina e ter dado ouvidos para as pessoas. Chegaram a me perguntar se eu estava feliz por ser menino, ou então falavam, Oh! que pena não vai ser uma menina. Que pena? Eu vou ser mãe, sempre sonhei com este momento, a maior realização da minha vida, ficaria extremamente feliz independente do sexo! Tem pessoas que são realmente sem noção. 

Com o Caleb estou descobrindo a cada dia como é maravilhoso ser mãe de menino, você brinca de rolar no tapete, na grama, corre pela casa, brinca de pega pega, de carrinho, de jogar bola, e por ai vai... sem contar que ele é super companheiro e carinhoso! 

Então a minha dica é, evite expressar opiniões sobre o sexo de sua preferência, e nem questione a grávida, querendo saber se ela ficou feliz ao saber o sexo do bebê. Isso é desagradável!


  • Nome diferente hein?
As escolhas da grávida e do esposo, devem ser respeitadas. Muitas pessoas como eu e meu esposo, gostamos de nomes diferentes, que fogem do tradicional e comum. Foi então, que escolhemos o nome do Caleb, que além de ser lindo, é bíblico e tem um significado forte. Muitos nomes são escolhidos pelos seus significados, é preciso entender a razão da escolha antes de criticar.

  • Durma agora, porque depois...
Ficar fazendo terrorismo com a grávida, não é nada legal! Ainda mais se ela for mãe de primeira viagem. Na gravidez realmente temos muito sono, mas no final dela os incômodos também aumentam, todas as posições ficam desconfortáveis. Depois que o bebê nascer, é claro que a rotina irá mudar radicalmente, a maioria dos bebês recém-nascidos costumam chorar muito, mas aos poucos a nova mamãe vai se adaptando com a nova rotina, e arrumando um tempinho para dormir e descansar. Esse tipo de comentário é chato!

  • Falar sobre tragédias e doenças
Quer assunto mais desagradável do que esse? A grávida já está sensível e ao mesmo tempo no auge da sua felicidade, não é necessário que ela ouça histórias tristes como, alguém que perdeu o bebê no parto, um bebê que nasceu com alguma doença grave, ou uma gestante que morreu, e por ai vai... Evite falar sobre esses assuntos, fale de coisas agradáveis! 

  • Você vai comer isso? Não faz mal para o bebê?
Para os obstetras sair da dieta ocasionalmente, não faz mal. A grávida é uma mulher adulta e sabe o que deve fazer, é responsável pelos seus atos. Se alguém vier opinar sobre o que você deve ou não comer, seja firme e se imponha, mostre que sabe se cuidar e é responsável pelo seu bebê.

  • Você tem estrias? Sua barriga está enorme.
Nem todas as gestantes tem estrias, isso depende da genética de cada um. A pele estica e acaba rompendo algumas fibras. Em alguns casos não tem como prevenir. Mas a maioria das gestantes podem se cuidar para evitar as tão temidas estrias. Existem cremes e óleos excelentes no mercado que ajudam bastante. Nenhuma mulher gosta ou quer ter estrias, por isso evite esses comentários.


  • Grávida Touchscreen
Ela mal chegou em algum lugar, e todo mundo já veio querendo tocar na barriga. Isso assusta, é invasivo demais! Quando são pessoas que você conhece ai tudo bem, eu não me importava. Agora e quando é uma pessoa que você nunca viu na vida, ou não tem intimidade nenhuma. Antes de sair colocando a mão, pergunte para a grávida se ela se importa.

  • A gravidez foi planejada?
Nossa como eu escutei isso, e escuto até hoje. Infelizmente algumas pessoas julgam pela aparência. Como eu aparento ter menos idade e meu esposo também é jovem, tem pessoas que me vêem com o Caleb na rua, e até cochicham dando a entender que engravidei por um descuido. No meu caso o Caleb foi super planejado. Mas filhos são bençãos independente de terem sido planejados ou não. Quem faz esse tipo de pergunta é bastante deselegante.

  • Acho uma bobagem você fazer chá de bebê! Vai gastar muito dinheiro.
Se a grávida tem esse desejo deixe que ela o realize, e pare de dar palpites. Até porque não é você quem vai bancar o chá e sim os papais do bebê.


  • Nossa, como você está engordando!
Totalmente desnecessário este tipo de comentário. Ao invés de dizer isso, que tal elogiar a grávida! Nosso corpo muda radicalmente com a gestação, e escutar este tipo de comentário pode deixar a mamãe muito triste!

  • Quando você voltará a trabalhar?
A criança nem nasceu e as pessoas já estão "preocupadas" querendo saber em quando a mamãe vai voltar a trabalhar. Deixe ela curtir a gravidez, no momento certo ela irá decidir o que fazer.



  • Você não teve nenhum desejo?
Nem toda gestante sente vontade de comer alimentos específicos ou até mesmo, coisas estranhas como (sabão, areia, papel etc), ou beber coisas mais esquisitas ainda (detergente, tinta, pinga etc). Eu mesma não tive desejo, as pessoas ficavam loucas quando eu dizia isso, me achando um ET, a única grávida que não teve desejos. Rsrsrs! 


  • Já ouvi falar, que o nariz da grávida vira uma batata, e o rosto incha horrores.

Nenhuma grávida precisa receber este tipo de informação. As grávidas tem a consciência de que o corpo se transforma, algumas ficam realmente inchadas outras não.



Para minhas queridas leitoras grávidas, sei que não é nada fácil aguentar tantas perguntas indiscretas mas, tentem manter a calma.O mais importante é o momento mágico que estão vivendo, o seu bem estar e do seu bebê.



Beijossss.













Nenhum comentário:

Postar um comentário