menu

Image Map

sexta-feira, 9 de maio de 2014

DICAS PARA O SEU FILHO DORMIR A NOITE TODA!

Nós que somos mamães de primeira viagem, sempre passamos por situações que as vezes não sabemos como lidar e resolver. A hora de colocar a criança para dormir é uma delas.
O Caleb desde que nasceu sempre foi um bebê muito calmo e sempre dormiu a noite toda. Porém em janeiro desde ano, ele começou a brigar com sono, fica irritado as vezes na hora de dormir, chora, tem dias que é uma guerra aqui em casa. Conversei com a pediatra dele, ela me deu algumas dicas, algumas eu concordei e outras sinceramente só funcionam na teoria, porque na prática a história é outra.
Levei o Caleb meses atrás na dentista, porque ele esta na fase de dentição, tem meses que mais de quatro dentes nascem de uma vez, isso deve ser um sofrimento para eles. E realmente a dentista me confirmou que na época a gengiva dele estava muito inchada, e vários dentinhos apontando o que poderia estar causando essa irritabilidade e insônia.


Os médicos dizem que alimentar o bebê de madrugada não é correto e que pode atrapalhar o sono. Inclusive a pediatra do Caleb sempre me falou isso, e quando eu perguntava o que deveria fazer se ele acordasse durante a madrugada, ela dizia para eu dar um pouco de água, o que nunca resolveu aqui em casa. E essa noite foi bem estressante, o Caleb dormiu as 22 horas e quando foi 2:30 horas esta lá chorando no berço, ou melhor berrando mesmo. Tentei de tudo, olhei se ele poderia estar com febre, troquei a fralda, dei água e nada, ele continuava chorando. Até que por último não tive outra escolha e resolvi fazer uma mamadeira, e não é que deu certo, ele estava morrendo de fome, assim que terminou a mamadeira, voltou a dormir como um anjinho, e só acordou hoje pela manhã. Por isso essa teoria de não dar alimento de madrugada não funciona aqui em casa. Não é sempre que o Caleb mama de madrugada, mas de vez em quando acontece.

Algumas dicas que eu aprendi e que ajudam na hora de dormir:
  • Toda criança precisa de uma rotina para se sentir segura. O ideal é que a hora de dormir seja a mesma todos os dias.

  • Evite atividades que vão deixar seu filho agitado, brincadeiras que envolvem muita movimentação física, televisão ligada na hora de dormir não é uma boa ideia, pode deixar os pequenos muito agitados. faça atividades relaxantes, como dar um banho de água morna, contar uma histórinha, eu gosto muito de colocar canções de ninar instrumental no quartinho dele bem baixinho, e somente com a luz do abajur ligada. Isso ajuda muito!

  • Ninar e deixar a criança adormecer no colo dos pais é um erro bem comum. As crianças devem dormir diretamente onde vão acordar. O mais indicado é dar um beijo de boa-noite e levar a criança ainda acordada para o berço. Os pais deixam o quarto e, se ouvirem choro, voltam alguns minutos depois para que ela perceba que ninguém a abandonou. Aos poucos, o bebê se acalma e aprende a dormir sozinho.

  • Levar a criança para dormir na cama dos pais, quem nunca fez isso que atire a primeira pedra, eu entendo perfeitamente quando algumas mamães me falam que a noite anterior foi tão estressante que acabaram colocando seus pequenos para dormir junto deles na cama. Eu mesma, as vezes super cansada e o Caleb chorando muito, eu tentando de tudo para acalma-ló e nada, já o coloquei em nossa cama mas, tenho a consciência que não é o método mais correto. Além de prejudicar a intimidade do casal, a criança com freqüência na cama dos pais atrapalha o sono da família e não incentiva a independência. Se você quiser deixar seu filho um pouquinho na cama com vocês, tudo bem desde que depois vocês o levem novamente para o seu quarto.

  • TV ligada prejudica a qualidade do sono, eles tem que aprender a pegar no sono sozinho sem depender da televisão.

  • Luz acessa, altera a produção do hormônio melatonina, que induz o sono. Se eu filho tiver medo do escuro, converse com ele o acalmando e explicando que não é o que temer. Nesses casos, deixe uma luz bem baixa acessa até ele se acostumar.

  • Evite sonecas diurnas muito longas, para que ele consiga dormir a noite toda. Lógico que isso não é válido para recém-nascidos, que dormem muito mesmo.


Fonte: http://revistacrescer.globo.com/


Nenhum comentário:

Postar um comentário